Publicidade Digital em redes de varejo: porque ela será o principal canal on-line?

Publicidade Digital em redes de varejo
Compartilhe Este Post:
Navegue pelo artigo:

Desde que a internet se popularizou pelo mundo, a publicidade digital sofreu transformações significativas no modo e nas ações para chegar até o consumidor. Antes, os anúncios eram feitos para um público massivo, hoje está cada vez mais segmentado.

Existe uma razão para isso, deixamos rastros e dados por todos os lugares que visitamos na internet.

kjGiNZ4XIH8mvLyFxInQmsGpjudLU8Nfc41bXeb iyuGUIiq R yqIhwEZiVjD6yKS4AkZFnmrCw1YQPlDkWLuAdGebgBnqWs p5H33s2YOeTgRQB8oRJrjIxJ Gw221TFOyYwj7b8FphHYyKKPGRZw

Isso é um prato cheio para as empresas que detém essas informações e as disponibilizam para os profissionais de marketing criarem campanhas de anúncios cada vez mais direcionados.

Esse é um dos motivos para as redes de varejo entrarem com tudo nessa nova onda do Marketing Digital. Principalmente canais com audiência massiva e públicos compradores.

Você sabia que do total de audiência do e-commerce no Brasil, 50% estão em apenas 10 sites?

Para saber quais, acompanhe nosso artigo e veja porque a publicidade digital em redes de varejo já é uma realidade no Brasil.

Publicidade digital em números

De acordo com o Digital Ad Spend, relatório elaborado pelo IAB Brasil em parceria com a Kantar Ibope Media, a quantia de investimentos em publicidade digital no Brasil alcançou o montante de R$ 32,4 bilhões em 2022, crescimento de 7% em comparação com 2021. (Fonte: Meio e Mensagem – Marketing, Mídia e Comunicação: Publicidade digital alcançou R$ 32,4 bilhões em 2022.)

O estudo ainda aponta que, deste total, 33% foram negociados de forma direta entre anunciantes e plataformas digitais (sem uma agência como intermediária).

Portanto, é fundamental que as marcas e empresas anunciantes acompanhem as tendências do mercado e as preferências dos consumidores para tomarem as melhores decisões sobre suas estratégias de publicidade digital.

Crescimento do comércio eletrônico

Com o aumento do comércio eletrônico e das compras online, os investimentos em publicidade online crescem para que se consiga alcançar os consumidores. 

Esse crescimento do comércio eletrônico é acelerado em muitos mercados ao redor do mundo, principalmente pela conveniência e acessibilidade das compras online.

No recente relatório apresentado pela empresa de tecnologia financeira FIS, The Global Payments Report 2023, as transações por comércio eletrônico aqui no Brasil devem crescer 35% até 2026.

Diante de projeções assim, como não investir em publicidade de Retail Media e fazer anúncios patrocinados em sites de comércio eletrônico e marketplaces?

Principais E-commerces no Brasil

Aqui no Brasil temos grandes players dominando o mercado das vendas on-line. Do total de participantes, apenas dez representam 50% de toda a audiência no comércio eletrônico (site e App). 

Os principais canais de vendas online no Brasil são:

  • Mercado Livre (14,7%)
  • Amazon (7,5%)
  • Shopee (6,5%)
  • Magalu (5,1%)
  • AliExpress (3,4%)
  • Shein (3,2%)
  • Ifood (2,7%)
  • Casas Bahia (2,6%)
  • Americanas (2,5%)
  • Samsung (2,1%)

Fonte: Relatório de Setores do E-commerce no Brasil (MAR/22), Conversion.

Mudança no comportamento do consumidor

Os consumidores estão cada vez mais fazendo compras online. Aqui no Brasil isso pode ser visto quando analisamos o volume de pedidos em 2022 e comparamos com o ano de 2021. O crescimento foi de aproximadamente 7,9% (Fonte: Webshoppers ed.47, NIQ Ebit).

Categorias de rotina que foram as grandes impulsionadoras para o aumento em quantidade de pedidos foram: Alimentos e bebidas (82,8%), Perfumes e Cosméticos (22,5%), Saúde (16,9%) e Bebês e Cia (12,3%).

Isso mostra que o Marketing de Varejo pode ser uma forma eficaz de atingir esses consumidores, oferecendo anúncios relevantes e personalizados em momentos-chave do processo de compra, desde a pesquisa de produtos até a finalização da compra. 

Portanto, com a mudança no comportamento do consumidor em direção ao online, a mídia de varejo está em alta e deve se tornar o principal canal de publicidade para alcançar os consumidores onde eles gastam seu tempo e dinheiro.

Diferencial da publicidade digital em redes de varejo.

Com todo esse crescimento no comércio eletrônico, alguns marketplaces e redes de varejo on-line perceberam que tinham nas mãos um ativo muito valioso. Sua audiência qualificada e os dados do comportamento dos usuários (first party data – dados proprietários).

Mas, como fazer disso uma vantagem competitiva e financeira?

A resposta é oferecer soluções proprietárias de publicidade e anúncios patrocinados para os vendedores nas plataformas.

Assim, a Retail Media chega com tudo aqui no Brasil e promete ser a nova queridinha dos anunciantes.

A razão para isso está no fato de as soluções de Advertising em algumas plataformas oferecem opções avançadas de segmentação de público-alvo.

Isso permite que os anunciantes direcionem seus anúncios patrocinados de forma precisa e relevante para os consumidores certos. 

A segmentação pode ser por palavra-chave, categoria, interesse, comportamento de compra, demografia e localização geográfica.

Com a segmentação avançada, os anunciantes podem garantir que seus anúncios sejam mostrados apenas para o público relevante, o que pode levar a um aumento na eficácia da publicidade e, consequentemente, à preferência pela mídia de varejo como canal de publicidade online.

Quais redes já possuem soluções de ADs para publicidade digital?

Muitas plataformas de comércio eletrônico já introduziram ferramentas proprietárias para criação de anúncios patrocinados ou Mídia Display.

A exemplo disso temos o Mercado Livre com sua plataforma chamada [Mercado Ads]. Disponibilizando recursos interessantes para quem já é vendedor ou para grandes marcas que queiram realizar ações de Branding no Mercado Livre.

Para saber mais sobre como usar essa ferramenta, veja nosso artigo: O que é Mercado Livre Ads?

Continuando, outro site que oferece alternativas de anúncios patrocinados é a Amazon. Sua plataforma (Amazon Ads) também disponibiliza recursos de publicidade de Produtos, Branding, Display e Loja.

Só para citar mais uma em nossa lista, a Shopee com sua plataforma Shopee Ads também já oferece recursos de publicidade digital. Seu portfólio oferece cinco tipos de anúncios patrocinados para os vendedores na plataforma: Anúncios de Busca de Produtos, Anúncios de Busca da Loja, Anúncios de Descoberta, Anúncios Combinados e Anúncios de Display.

Tá, mas essas alternativas não parecem vantajosas só para quem vende na plataforma?

A resposta é Sim e Não (rs). Calma, vamos explicar!

5 estratégias para aproveitar as oportunidades na mídia de varejo.

Primeiro, vale destacar que algumas redes de varejo já disponibilizam espaços de publicidade de Media Display ou Media programática para que grandes marcas possam se beneficiar de seus usuários qualificados.

A plataforma do Mercado Livre é um bom exemplo disso. Ela possui soluções para grandes marcas conseguirem impactar os potenciais compradores em diversas fases da jornada de compras.

O Mercado Ads oferece quatro tipos de soluções de publicidade digital:

  • Trade MKT (solução de branding);
  • Audience Display Native (solução de brandformance);
  • Desempenho (Product Ads);
  • Audience Deals (solução de programática).

Destas, somente o Product Ads é direcionado para criação de campanhas de anúncios patrocinados de produtos. Ou seja, vendedores cadastrados na plataforma podem dar maior visibilidade aos seus anúncios e gerar tráfego para seus produtos.

As demais soluções foram desenhadas para grandes marcas aproveitarem os dados primários do Mercado Livre.

Este é apenas um exemplo de como a publicidade em Redes de Varejo (Retail Media) é possível, mesmo quando não se é um vendedor cadastrado no Marketplace.

Agora, se uma marca também decide vender nesses canais, com uma loja oficial, por exemplo, aí as possibilidades são maiores ainda.

Escrevemos um artigo sobre criar uma Loja Oficial no Mercado Livre, vale a pena ver.

Contudo, para que a estratégia de publicidade digital em redes de varejo seja melhor aproveitada, é preciso:

1. Conhecer bem seu público-alvo 

É importante entender profundamente o público-alvo da marca, suas preferências, comportamentos de compra, interesses e necessidades. Com esse conhecimento em mãos, a marca poderá direcionar sua publicidade para o canal certo.

Por exemplo, uma fabricante de ferramentas industriais deve preferir anunciar na Netshoes ou na Loja do Mecânico? Ou ainda, na categoria de Ferramentas do Mercado Livre?

Você concorda que se escolher a primeira opção as chances de sucesso serão mínimas?

2. Criar anúncios relevantes e atraentes.

A publicidade digital é altamente competitiva, por isso é fundamental criar anúncios relevantes e atraentes que se destaquem da concorrência. 

Isso pode incluir o uso de imagens e vídeos, chamadas para ação claras (call to action), ofertas especiais, e outros elementos criativos que capturem a atenção dos consumidores e os incentivem a clicar e fazer uma compra.

E para isso ser efetivo, o próximo tópico é de suma importância.

3. Utilizar segmentação de público avançada 

De maneira geral, os anúncios patrocinados no Google ou nas redes sociais são complicados para configurar e não segmentam o público tão bem assim.

Faz sentido um anúncio de pneu aparecer em um site de receitas? Por mais que o usuário tenha pesquisado esse acessório recentemente em seu navegador, o momento da jornada que o anúncio aparece não é o melhor, né?

Logo, escolher canais com segmentação avançada permitirá que os anúncios sejam direcionados para públicos específicos. 

Em outras palavras, alcançar os consumidores certos no momento certo, aumentando a eficácia de sua publicidade online.

4. Monitorar e otimizar constantemente as campanhas de publicidade

É fundamental monitorar e analisar regularmente o desempenho das campanhas de publicidade digital, e fazer otimizações com base nos resultados obtidos. 

Desde ajustes nas estratégias de segmentação, nos criativos de anúncios, orçamentos, e outros elementos para garantir que a marca esteja obtendo o máximo de retorno sobre o investimento (ROI).

Dessa forma, quem investe em publicidade digital consegue entender melhor o impacto das campanhas e tomar decisões sobre onde alocar seus recursos de marketing.

5. Competitividade e inovação 

Este é um ponto que muitas vezes não entra na análise da estratégia de Marketing Digital

Existem canais que sempre buscam maneiras de se destacar e inovar em suas estratégias de retenção e fidelização do usuário final (consumidor). 

Cupons de desconto, cashbacks, milhas, etc… e por aí vai.

Contudo, o que nos interessa aqui são as opções inovadoras para criação e entrega dos anúncios. Por isso, plataformas com tecnologias como realidade aumentada, realidade virtual ou anúncios interativos, podem ser atrativas para quem deseja se destacar da concorrência e oferecer uma experiência de compra diferenciada aos seus clientes.

Essas são apenas algumas estratégias que uma marca pode adotar para se preparar e aproveitar as oportunidades na mídia de varejo.

Pra finalizar

É importante que a marca esteja sempre atenta às mudanças no mercado e nas preferências dos consumidores, e esteja disposta a adaptar suas estratégias de publicidade online para aproveitar ao máximo as oportunidades na mídia de varejo.

Os marketplaces, como o Mercado Livre, Shopee e Amazon, são canais de venda online populares que oferecem ferramentas de publicidade pagas. 

A utilização de publicidade em marketplaces pode ser uma estratégia eficaz para aproveitar a audiência qualificada e a mentalidade de compra dos usuários desses canais, potencializando a presença da marca e impulsionando as vendas na mídia de varejo online.

Viu só como a Publicidade Digital em redes de varejo tem tudo para ser um canal efetivo? 

Para saber mais sobre as tendências de mercado em Retail Media e dicas de como aproveitar essa nova onda, fique ligado aqui no nosso Blog ou em nossas redes sociais.    

Acompanhe tudo Sobre Product Ads

Conteúdos Rápidos

Busque o assunto de seu interesse

Receba nossa News Letter

Digite seu email para receber atualizações do blog e aprender mais sobre o Mercado Livre!

Conheça nossas soluções

Product Ads